TRANSLATE

SE QUISER RECEBER AS POSTAGENS DESTE BLOG, CLIQUE ABAIXO...

domingo, 30 de novembro de 2014

Qual sua metáfora de vida?

A metáfora de vida que abrigamos determina a maneira que agimos, influenciará nossas prioridades, a forma com que lidamos com o tempo, com as oportunidades, com a nosso emocional, com nossa vida espiritual. Quando vemos a vida como um jogo, o que conta é vencer ou perder, quem assim pensa, não se importa em fazer o que for preciso para estar no time vencedor, ainda que tenha que renunciar seus valores. Não se importam com o valor humano, para alcançar seus objetivos não pensarão duas vezes em destruir quem se oponha a dita "felicidade." Para quem pensa assim, as pessoas são, apenas, peças descartáveis do jogo. Os que veem a vida como um parque de diversões, o que interessa é o prazer a qualquer custo. Não conseguem abrir mão do conforto para ajudar os que precisam de um consolo, de uma palavra amiga, de um amparo. Levam a vida na leviandade, tudo é motivo de riso, inclusive acham graça na desgraça alheia. São pessoas de sorriso largo e corações vazios. Na corrida pelo prazer, nunca se importarão em brincar com as emoções das demais pessoas. Para os que abrigam esta forma de viver, as pessoas são fantoches, artigos de diversão. Quando a vida é vista como um Shopping, acredita-se que todas necessidades podem ser supridas quando se tem dinheiro. Sensibilizar-se com a dor do outro, é simples perda de tempo, e para estes "tempo é sinônimo de dinheiro." O dinheiro é o centro das expectativas deles, o que os prende e comanda as decisões. Quando, na verdade, as coisas mais importantes não estão em prateleiras e não tem preço, tais como: o amor, a alegria, paz, amizade. O que não sabem é que o dinheiro compra a cama, mas não o sono. Compra pessoas, mas não conquista o amor delas. São pessoas, geralmente, frias e de relacionamentos superficiais e passageiros. Estão sempre cercadas de gentes, mas estão sempre sozinhas dentro de si mesmas. Sofrem com um sorriso no rosto e um copo de bebida na mão, dizem fazer da vida uma eterna celebração. Mas, na verdade, tudo o que querem é passar o tempo para tentar esquecer da dor. Pisam em cima dos demais só para ter a sensação de estar no comando de alguma coisa, mas continuam sendo escravos em suas emoções. Agora, se enxergamos que a vida é uma incrível missão, entendemos que temos uma razão de ser neste mundo. Sabemos que só temos uma vida e precisamos vive-la com sabedoria. Sabendo que cada minuto nunca mais se repetirá. Investimos nas coisas passageiras, sem deixar de priorizar as que são eternas. Somos humildes para reconhecer que não conseguiremos cumprir esta missão sozinhos, porque entendemos que ela é deveras importante para arriscarmos fracassar. Reconhecemos o quanto somos pequenos e, por esta razão, entendemos que sempre precisaremos de Deus para dirigir os nossos passos e orientar nossas decisões. Buscamos ser melhores a cada dia, não para provar para os outros que conseguimos, mas para honrar a Cristo com o nosso modo de viver, com nossas palavras e nossas ações. Qual a sua metáfora de vida? Compartilhe conosco se já descobriu sua missão e se tem se esforçado por cumpri-la. Vamos debater sobre este assunto? autora: DEYSE LOURENÇO DA SILVA PATOLEIA.