TRANSLATE

SE QUISER RECEBER AS POSTAGENS DESTE BLOG, CLIQUE ABAIXO...

domingo, 10 de maio de 2015

COM MUITO AMOR, HOMENAGEIO ÀS MÃES



Nós, os seres humanos, nascemos completamente frágeis, dependentes, desprovidos de informação, sem discernimento quanto as ameaças do mundo - somos totalmente diferentes neste quesito da maioria dos animais - nós precisamos de absolutamente tudo e temos a oferecer exatamente nada em troca.
Não nascemos com um "selo de garantia celestial" de que valerá a pena ter sonhado conosco, nos carregar em seu útero durante nove meses, sentir as dores em seu corpo, as transformações inerentes a gravidez, acordar noites a fio para nos alimentar, nos acolher em seu colo quando choramos e queremos apenas sentir seu calor, seu acolhimento, seu amor...Mas um único ser humano é capaz de tamanho ato de grandeza, de renuncia, de entrega, sem garantias, sem receber nada em troca, sem saber se seremos ingratos quando já não puderem nos oferecer algo....Mas a mulher a quem temos a honra de chamar de mãe, esta sim, é capacitada por Deus para fazer tudo isso e muito mais. Também não podemos nos esquecer das mães que não geraram seus filhos no útero, mas, sim, no coração. Apesar de não ter-lhes dado a vida, estas mulheres assumiram a missão de mudar o destino de abandono destas crianças, os acolhendo em seus braços como filhos, amados, queridos, e desejados. As mães adotivas são, também, dignas de nossa homenagem, respeito, amor, e eterna gratidão.
Podemos ser feios para todos, mas para elas, somos os seres mais lindos, mais perfeitos, mais especiais, inteligentes, e com grande potencial que existe....Elas conseguem ver em nós o que outros seres humanos não conseguem! As mães já começam a sonhar com o que seremos antes mesmo de nascermos, são nossas primeiras incentivadoras! Quando falamos a primeira palavra, quem está ali com um sorriso de orelha a orelha, com olhos cheios de lágrimas? Nossa mãe, é claro! Quando demos os primeiros passinhos, ela estava ali torcendo para que mantivéssemos o equilíbrio, vibrava como se estivesse diante de um grande show! Sim, as mães são fantásticas! Mãe não tem relógio, não tem outras prioridades quando seu filho está doente, parece que elas possuem uma bateria reserva para conseguir estar firme para suprir todas as necessidades dos filhos...
Quando crescemos, para elas continuamos seus meninos que elas precisam ver dando "os passinhos pra fora de casa" e conhecendo as armadilhas do mundo! As mães, nesta etapa, precisam confiar nos ensinamentos que deram e torcer para que sejam suficientemente fortes nos nossos corações "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele. (Provérbios 22:6)...Mas ainda assim, elas se preocupam, elas ligam, oram, escutam, choram, torcem e torcem por nossa felicidade e sofrem com nossas decepções!
Na Bíblia tivemos exemplos de mães maravilhosas, tal  como Ana, que sonhava ardentemente em ter um filho, mas não podia. Sua rival, Penina, a afrontava pelo fato de ser estéril. Mas Ana não desistiu de seu sonho de ser mãe, ela orou, clamou, chorou, foi até julgada erradamente pelo Sacerdote que pensou que ela estava bêbada...tamanha era sua angustia! Mas, Ana não desistiu, pois Samuel já existia em sua mente, ela já o tinha em seu coração...Então, o Deus do impossível abriu sua madre e ela concebeu a Samuel, tal como havia prometido ao Senhor Deus, ela o entregou no Templo, assim que desmamou, para ser um Sacerdote (I Samuel 1)...Que ato lindo! Tudo o que está em nossas mãos podemos perder, mas tudo e todos os quais entregamos no altar de Deus, como oferta, estes jamais se perderão! Porque Deus tem o controle de tudo! Entregar os filhos a Deus é o que de melhor uma mãe pode fazer!
O que dizer, também, de Maria que aceitou cumprir o chamado de gerar o próprio Cristo, por meio do Espirito Santo, em seu ventre...Sabendo que, pelas escrituras, esta criança que ela tinha em seus braços, que amamentava, um dia cresceria, seria um homem, teria que enfrentar a cruz para nos salvar, e ela precisaria vê-lo sofrer sem nada poder fazer. "E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena." (João 19:25)
Acredito que Deus quando teve a ideia de capacitar as mulheres para serem mães o fez para que entendêssemos um pouco do seu amor incondicional, um amor que nos recebe, nos acolhe, sem que nada tenhamos a oferecer, nos alimenta por meio de sua palavra, nos ensina a andar em suas veredas, nos pega pela mão e nos guia pelos seus olhos..."Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos." (Salmos 32:8). Um Deus que é Pai e que nos ama mais do que uma mãe! Que amor é esse!? Impossível compreender, mas um dia decidi aceita-lo e isso fez toda a diferença em minha vida. "Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti." (Isaías 49:15)
Sou muito grata a Deus por minha mãe, posso lembrar de inúmeros sacrifícios que ela fez para que eu me tornasse quem eu sou. Que Deus possa recompensa-la por ter me dado mais do que coisas, ter me dado dela mesma. Sou grata a Deus também por minha sogra, por ser hoje uma pessoa que tem provado ter me acolhido com amor de mãe. Quero dedicar esta postagem a agradecer a Deus por cada verdadeira mãe, que abdicou de muitas coisas em favor de seus filhos, que o Senhor Jesus esteja com cada uma, renovando as forças, restaurando as visões, reavivando os sonhos.
Faço, apenas, um apelo aos filhos que reflitam em tudo que suas mães abdicaram por vocês, elas não são perfeitas, mas, geralmente, são as pessoas que mais te amam. Tenha tempo para visita-las, abraça-las, homenageá-las, pois agora talvez elas estejam envelhecidas, mas, enquanto puderam, estas guerreiras lutaram por vocês com cada força que houve dentro delas! Não deixe em asilos a única mulher que te ama independentemente do que você faça e no que você se torne.
Beijo no coração e um felicíssimo dia das mães para todas as mães do mundo!!!!
autora: DEYSE L.S.PATOLEIA